Motorola Moto X Force

O Motorola Moto X Force foi lançado no final de 2015 com apenas um objetivo: ter uma tela indestrutível. Obviamente a tecnologia utilizada serve apenas contra quedas e testar os limites do X Force não a melhor ideia do mundo. O objetivo foi cumprido e a Motorola conseguiu ter um produto competitivo em todos os quesitos.

Configuração do  Motorola Moto X Force

O dual ship “indestrutível” da Motorola tem mais características do que marcantes do que apenas ser resistente. O Moto X Force é dono de uma potente memória interna atingindo 64 GB e tendo capacidade para expansão MicroSD de 128 GB. A câmera é de se invejar, possuindo 21MP na parte traseira e 5 MP para selfies na frontal. O processador Octa-core Qualcomm Snapdragon 810 é tecnologia de ponta e consegue fazer com que rode basicamente qualquer aplicativo da Play Store. Os 3 GB de RAM estão na faixa padrão de mercado e são essenciais para uma boa experiência. O sistema do X Force é o Android Lollipop 5.1 de fábrica.

A tela de 5.4” é bem acompanhada de uma resolução Quad HD, 2560 x1440, em uma tela AMOLED. Para aguentar todo esse desempenho o Moto X Force traz uma das baterias mais eficientes do mercado, de Lithium tendo 3760 mAh.

 

Design

O design do Moto X Force não é exatamente inovador e segue os padrões da Motorola. Em moldes arredondados e com acabamento traseiro em náilon, o X Force é extremamente anatômico para o seu tamanho. O náilon como material serve muito bem como ante derrapante e também deixa um visual bonito ao Smartphone.

Crítica

Não tem como falar de pontos positivos sem citar o fato de a tela ter uma tecnologia que permite que a display não rache em pequenos acidentes como escorregões e quedas repentina. Não ter o Smartphone todo trincado é de extrema importância para o bem estar de quem os usa frequentemente. Com isso a durabilidade é maior e tendo as configurações que o Moto X Force possui, é possível dizer que ele é um celular para mais de um ano de duração.

O ótimo desempenho sempre conta bastante, mas o alto valor de mercado pode pesar na escolha. O Motorola Moto X Force não é o mais caro de seu segmento, mas a marca não é tão forte como Iphone ou Samsung que tem muito mais adeptos. Outro fator é seu sistema operacional de fábrica que já está defasado. Isso não é um problema, pois é possível atualizar a versão. O problema é que os consumidores inexperientes podem ser afastados ao ver que a versão 5.1 está presente neste modelo. Enquanto alguns mais novos e com a mesma configuração já vem com o 6.0. O fato de não possuir TV também é um fato que pode desagradar alguns consumidores, que irão desejar um celular mais completo.

Preço

Contando com a média de preços no mês de novembro de 2016, o valor flutua entre R$2.300 e R$3.300. É válido lembrar que a Black Friday acontece no mês de novembro e o custo dos aparelhos pode variar com o resto do ano.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *